Em fase final de construção, o Centro de Eventos da Ilha tem a meta de fortalecer o turismo, em todas as estações do ano
Obra
Em fase final de construção, o Centro de Eventos da Ilha tem a meta de fortalecer o turismo, em todas as estações do ano
Com capacidade para duas mil pessoas em área coberta- o maior complexo de eventos da região - o Centro de Eventos da Ilha Comprida está em fase final e deverá ser entregue à população no primeiro semestre do próximo ano. Dividido em dois blocos- o Salão Nobre - Gourmet (com 448 metros quadrados) e o salão Ouro – Eventos (com 1.600 metros quadrados) , o Centro de Eventos estará interligado por deck de madeira ao Espaço Cultural Plínio Marcos.
O prefeito Geraldino Júnior afirma que o novo espaço representa a geração de renda, incentivo a novos negócios, empregos e o fortalecimento do turismo em todas as estações do ano. Trata-se de um equipamento multiuso para fortalecer o turismo de eventos na Ilha Comprida com a realização de feiras, exposições, simpósios, congressos, shows, encontros náuticos e diversos outros tipos de eventos, inclusive, da comunidade.
A área anexa ao Espaço Cultural foi escolhida pelo fácil acesso, pela área para estacionamento e pela infraestrutura turística do Parque Candapuí e do Terminal Rodoviário - com todos os seus equipamentos turísticos. O projeto foi aprovado pelo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e conta com recursos do Departamento de Apoio às Estâncias –Dadetur e contrapartida do município.